segunda-feira, 16 de março de 2009

"Tanatologiando"


Você acorda com seus pensamentos soltos e cogita coisas como, "No domingo eu pretendo dormir até mais tarde","Pretendo um dia fazer uma viagem pra me desligar um pouco do que sou", "Houve uma época em que eu costumava rezar"...
Prepotente, ela não te dá tempo pra colocar as cartas na mesa...
E se às seis da manhã o telefone toca, só pode ser ela mandando avisar...é que só ela tem carta branca pra inconveniências matutinas, só ela interrompe destinos nas horas mais inadequadas...
Ela fica à espreita e quando menos se espera, numa curva sinuosa, ela vira o jogo a seu favor.
Esquece que você tem um nome que precisa ser dito, ignora sua predileção por chocolate branco, blusa azul e sorvete de abacaxi ao vinho, ignora sua criatividade e imaginação.
Esquece que você se perfumou pra sair e que tinha hora marcada pra chegar, que pretende encontrar alguém e até, quem sabe, ter filhos.
Esquece do seu apego pelos poucos discos originais das suas bandas preferidas, mesmo no auge da pirataria, esquece que você ficou de arrumar o quarto quando voltasse.
Prepotente, ela não te deixa espaço pra dizer o quanto tudo isso é irônico e ridículo.

4 comentários:

Jesus disse...

Hahaha gostei do seu blog, parabéns!
Vou acompanhá-lo a partir de agora.

Huarlei. disse...

Mas ela muitas vezes não nos conhece, e só faz seu trabalho... maybe yes, maybe no. Mas vamos vivendo até ela chegar pra nos fazer aquela visitinha neah... Teu blog ta show Rosi. Bjss

leticia disse...

Nossa Rosi!
Amei esse texto... seu jeito de escrever me lembra alguem, n me lembro agora...
mas eh familiar...

heheh! Mas amei Rosi!
amei seu blog!

beijooos!

Chinês Preto disse...

Talvez o sentido da vida seja a morte rs...